Ênfase

A Psicologia Organizacional e do Trabalho (POT), é uma área consolidada e tradicional nas práticas psicológicas no Brasil. A Psicologia relacionada ao trabalho surge na Revolução Industrial no século XX, período em que iniciou suas contribuições para adaptação dos trabalhadores a fim de obter sua máxima produtividade, buscando melhores condições de trabalho, qualidade de vida e bem-estar social.

Com a evolução da área, a Psicologia do Trabalho começou a direcionar seus estudos à relação ser humano-trabalho, reconhecendo o contexto do trabalho como central na vida dos sujeitos e um fator constitutivo de adoecimento que afeta a saúde do trabalhador. Atualmente sua maior expressão é na área de gestão de pessoas das empresas e instituições de trabalho.

 Desta forma, a POT começa a ganhar espaço quando se ocupa de uma ótica mais ampla e complexa nas empresas, considerando toda relação dentro da organização contribuindo em ações voltadas para o trabalho em equipe, lideranças, comunicação, conflitos entre outras. Neste contexto, a Psicologia expande-se e produz interface com outras disciplinas, como a Administração e a Sociologia, pois se faz necessária uma intervenção multidisciplinar e multiprofissional para a compreensão dos fenômenos humanos no trabalho.

Atualmente, destaca-se a importância da construção de um trabalho interdisciplinar e multiprofissional fugindo da tendência da produção do conhecimento especializado e fragmentado. As atribuições do Psicólogo na Gestão, na contemporaneidade, implicam níveis diferentes de intervenção, entre eles o técnico, o estratégico e o político. Assim, o Psicólogo atua a partir de seu conhecimento técnico em processos como recrutamento e seleção e desenvolvimento de pessoas, bem como, media a relação nos grupos, planeja carreira com os trabalhadores, considerando as condições, as relações de trabalho e a tomada de decisão. Também é convocado a intervir na formação de políticas organizacionais e contribuir nas decisões estratégicas.

A partir das intervenções nestes níveis a POT têm sido de extrema importância para a construção de um ambiente de trabalho saudável, motivador, produtivo e que vise o bem-estar e a satisfação dos envolvidos. É por meio da prevenção e da promoção da saúde do trabalhador que melhorias no processo de trabalho são obtidas de forma a contribuir com o pleno desenvolvimento das organizações.

Desta maneira, a Ênfase em Psicologia e Processos de Gestão formará profissionais para atuar de forma crítica e interdisciplinar, realizando intervenções respaldadas em métodos científicos e adequados ao seu contexto de aplicação. Instrumentaliza o egresso a buscar novos espaços e atividades que venham a contribuir na relação de equidade empregado-empregador, podendo o psicólogo promover a negociação de conflitos, e fomentar um ambiente de trabalho humanizado e promotor de saúde.

Deixe um Comentário