ESTRUTURA DIFERENCIADA
Estude em ambientes modernos
FORMAÇÃO DIVERSIFICADA
Conhecimentos a partir de várias perspectivas teóricas
CONHECIMENTO TÉCNICO-CIENTÍFICO
Diferenciados métodos e recursos nos procedimentos de análise, avaliação e prevenção

NOTA 5 NA AVALIAÇÃO DO MEC

O resultado das avaliações do MEC sobre a Faculdade Integrada de Santa Maria foi publicado conforme a portaria nº 86 do dia 20 de fevereiro de 2019 no Diário Oficial da União e inserida no Sistema e-MEC no dia 2 de abril. O curso de Psicologia da FISMA é nota 5, em uma escala de 1 a 5, ou seja, nota máxima. O reconhecimento é considerado um dos principais indicadores de qualidade do ensino superior brasileiro.

Avaliadores do MEC estiveram na FISMA no segundo semestre de 2018, e o resultado da nota máxima já havia sido divulgado em outubro daquele ano. A publicação torna o resultado oficial.

“A nota máxima é consequência de todo um trabalho conjunto. Vai além dos investimentos na formação dos professores e na estrutura do curso. Sempre procuramos que os nossos cursos sejam referência, e isso vai impregnando toda a comunidade acadêmica”, afirma o diretor da FISMA, Ailo Saccol.

Fundado em 2006, o curso de Psicologia da FISMA é o que conta com o maior número de acadêmicos entre as instituições de ensino superior do Estado, conforme o Conselho Regional da categoria. A cada semestre, mais de 250 acadêmicos atuam em cerca de 70 campos de estágio em Santa Maria e em diversas cidades da região.

“Nossa principal característica é a inovação. Estamos em constante transformação curricular, os estágios contemplam boa parte do curso e contamos com mais de 20 projetos de pesquisa e extensão voltados para as demandas sociais”, ressalta a coordenadora do curso, Tatiane Rodrigues.

Ainda de acordo com o diretor da FISMA, há investimentos em projetos de pesquisa e extensão, com produção acadêmica, investimento nos acervos e laboratórios. Ele acredita que foram essas sequências de ações que qualificaram ainda mais o curso.

A graduação conta com núcleos e laboratórios atuantes em diversos projetos que envolvem essas pesquisas e ações voltadas à comunidade. Além disso, desde 2009, o curso possui a Clínica-Escola Maiêutica onde os acadêmicos fazem estágios supervisionados e recebem pacientes de Santa Maria e região. A clínica-escola atende crianças, adolescentes, adultos, idosos e também realiza o atendimento de casais e famílias.

O curso de Psicologia da FISMA tem foco em uma formação diferenciada e inovadora aos alunos. Utiliza diferentes recursos tecnológicos e atividades de interação para orientar os alunos para atividades práticas que preparam para decisões a serem tomadas como Psicólogos. Dentre as atividades principais que o aluno participa com a orientação de professores da FISMA, são elencados:

  • Atividades de Iniciação à Pesquisa e incentivo na participação em eventos científicos;
  • Atividades de Extensão junto à comunidade de Santa Maria e região;
  • Atividades vinculadas à organização de eventos, como Dia do Psicólogo, Semana Acadêmica Integrada, eventos realizados anualmente pelo corpo docente e discente do curso, com intuito de promover à comunidade acadêmica interessada um momento de reflexão e discussão acerca dos principais temas voltados a Psicologia;
  • Incentivo ao aluno para atuação em órgãos de representação estudantil na instituição e Diretório Acadêmico;
  • Estímulo a atuação em diferentes contextos, com base no domínio dos fenômenos e processos psicológicos, nos preceitos epistemológicos, éticos, técnicos, científicos e com responsabilidade social;
  • Atividades de inovação, criatividade e tecnologia;
  • Ambiente estruturado para oferecer aulas interativas, com o uso de metodologias ativas, atividades práticas imersivas e oportunidades de aprendizagem que exercem seu protagonismo, pensamento crítico e reflexivo;
  • Acesso a conteúdo científico diferenciado, modernos laboratórios e salas de aula com diferentes recursos de aprendizagem.

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO

A Comissão Própria de Avaliação (CPA), em atendimento a Portaria nº 30/2005 publicada no Diário Oficial no dia 02 de agosto de 2005, referente ao Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), tem a finalidade de assessorar e acompanhar as ações desenvolvidas nas diversas etapas do processo avaliativo da instituição, compreendendo seus cursos, pesquisa, extensão, desempenho dos docentes e demais servidores técnico-administrativos, entre outras questões.

As informações obtidas servem como pressuposto de gestão e controle de qualidade, identificando as potencialidades e limitações da instituição, no sentido de garantir padrões de desempenho esperados pela sociedade, como também atender o estabelecido pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES.